Aviação tem ano mais seguro da história em 2010

O setor aéreo mundial registrou em 2010 o índice mais baixo de acidentes de sua história, informou nesta quarta-feira a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), superando a marca de 2006, até então o ano mais seguro para a aviação. Em 2010, o índice mundial de acidentes (medido em perdas de fuselagens por milhões de voos de aviões a jato de fabricação ocidental) foi de 0,61 acidente a cada 1,6 milhão de voos, explicou o organismo em comunicado divulgado em Tóquio.

Agência Estado

23 de fevereiro de 2011 | 03h42

Em 2006 este índice foi de 0,65. Para a análise considerou-se todos os tipos de aviões. A pesquisa mostrou, entretanto que o número de acidentes fatais foi superior em 2010 ante 2009 (23 contra 18), com 786 vítimas contra 685, acrescentou a IATA. O órgão destacou que "a segurança tem sido sua prioridade". "voar é seguro. Aliás, cada acidente aéreo é uma tragédia humana, que nos faz lembrar que nosso objetivo principal é buscar o zero acidente, zero mortes", afirmou o CEO da IATA, Giovanni Bisignani, cuja entidade representa 230 companhias aéreas, responsáveis por 93% dos voos mundiais. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Aviaçãosegurorecordehistórico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.