Avião britânico enviado para busca de alunas nigerianas tem problema técnico

A Grã-Bretanha informou nesta segunda-feira que uma aeronave militar de vigilância despachada para ajudar na busca das mais de 200 alunas nigerianas sequestradas quebrou durante o trajeto.

Reuters

19 Maio 2014 | 20h48

O avião, um RAF Sentinel, foi acionado no domingo, depois que a Nigéria aceitou a oferta de ajuda do primeiro-ministro britânico, David Cameron.

O artefato deveria se juntar a aeronaves dos Estados Unidos na procura das estudantes, raptadas no mês passado pelo grupo islâmico Boko Haram.

“O Sentinel se atrasou no trajeto por causa de um problema técnico que está sendo investigado”, disse uma porta-voz do Ministério da Defesa britânico à Reuters.

“No momento não podemos informar o tempo de chegada previsto para a aeronave.”

A mídia local relatou que o avião, que a Grã-Bretanha disse que será operado de Accra, em Gana, foi forçado a pousar no Senegal para passar por reparos.

(Por Andrew Osborn e William James)

Mais conteúdo sobre:
NIGERIA AVIAO PROBLEMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.