Avião com 46 a bordo faz pouso de emergência em Calcutá

Passageiros e tripulação estão a salvo; aterrissagem foi necessária porque um dos motores pegou fogo

Efe,

17 de janeiro de 2009 | 05h48

Um avião com 46 pessoas a bordo fez neste sábado, 17, uma aterrissagem de emergência no aeroporto da cidade indiana de Calcutá, devido ao incêndio em um de seus motores. Segundo fontes aeroportuárias, citadas pela agência de notícias local "PTI", os 38 passageiros e os oito membros da tripulação do avião estão a salvo. O piloto da companhia Jetlite, que operava a rota entre Calcutá e Guwahati, principal cidade do estado indiano de Assam, entrou em contato com a torre de controle após constatar fogo e chamas em um dos motores, pouco após iniciar a operação de decolagem. O comandante do voo apagou o motor incendiado e fez uma aterrissagem de emergência no aeroporto de Calcutá, capital do estado indiano de Bengala, onde o avião já era esperado por uma brigada de bombeiros. Por enquanto, se desconhecem as causas do acidente.

Tudo o que sabemos sobre:
aviaçãopouso de emergênciaÍndia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.