Avião da FAB chega a Cuba com ajuda

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) chegou na sexta-feira à noite a Havana com 15 toneladas de ajuda para os milhares de cubanos desabrigados pelos furacões Ike e Gustav, informou ontem a imprensa oficial de Cuba. O Boeing KC-137 da FAB foi recebido no Aeroporto Internacional José Martí pelo embaixador brasileiro em Havana, Bernardo Pericás, e pelo vice-ministro cubano para o Investimento Estrangeiro e Colaboração Econômica, Ramón Ripoll. O carregamento inclui leite em pó, óleo de soja, farinha, açúcar, feijão, arroz e outros alimentos, que serão distribuídos entre os desabrigados assim que for feito um balanço das regiões atingidas pelos furacões, explicou o diplomata. O jornal oficial ?Granma? disse que a ajuda humanitária é uma "demonstração inicial da solidariedade manifestada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em recente conversa com o líder cubano, Raúl Castro".Cuba já recebeu quatro vôos com ajuda humanitária da Rússia e um da Espanha. Outros aviões com auxílio são esperados para os próximos dias, procedentes de Equador e Colômbia. O furacão Gustav atingiu o extremo oeste de Cuba em 30 de agosto e o Ike atravessou a ilha de leste a oeste entre domingo e terça-feira. Em menos de dez dias, os dois furacões deixaram 7 mortos, dezenas de feridos, mais de 500 mil de casas total ou parcialmente destruídas e graves danos a plantações, empresas e infra-estruturas. Fontes oficiais anunciaram ontem que o governo cubano está destinando aos milhões de desabrigados todas suas reservas, até mesmo militares, mas revelaram que elas não são suficientes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.