EFE/CLEMENS BILAN
EFE/CLEMENS BILAN

Avião de Merkel com destino à Argentina faz pouso de emergência

Aeronave voltou quando sobrevoava a Holanda e dirigiu-se à Colônia, onde se encontra a base do avião e o único avião substituto; por causa do incidente, a chancelar perderá a abertura da cúpula do G-20

O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2018 | 20h08

BERLIM - O avião da chanceler alemã, Angela Merkel, que se dirigia à Argentina para a cúpula do G-20, teve de fazer um pouso de emergência na cidade alemã de Colônia devido a um problema técnico, indicou o governo. Por causa do incidente, Merkel perderá a abertura do encontro e só deve chegar ao país após o início das discussões entre líderes.

"Após um problema técnico, o avião governamental aterrissou de forma segura em Colônia há alguns minutos", indicou o governo às 20h20 GMT (18h20 em Brasília). A fonte não informou quando Merkel poderá prosseguir viagem a Buenos Aires. 

Segundo a agência DPA, que viaja com a chanceler, ela embarcou em outro avião, mas por causa do tempo de viagem perderá a abertura da cúpula do G-20.

Os bombeiros esperavam na pista de pouso a aeronave, um Airbus A340-300, com o nome de Konrad Adenauer, primeiro chanceler alemão do pós-guerra, indicou a DPA.

De acordo com a agência de notícias alemã, o comandante da aeronave informou aos passageiros por volta das 19h30 locais (17H30 de Brasília) que a aeronave deveria se dirigir à Colônia porque um problema técnico provocou a interrupção de vários sistemas elétricos. "Não se preocupem, vamos aterrissar de forma segura na Colônia", disse.

A aeronave voltou quando sobrevoava a Holanda e dirigiu-se à Colônia, onde se encontra a base do avião e o único avião substituto, informou a DPA.

O pouso foi brusco. A aeronave ainda tinha muito combustível e o peso a obrigou a usar fortemente os freios./AFP

Mais conteúdo sobre:
Angela MerkelG-20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.