Avião desaparecido é encontrado na Colômbia

Ocupantes deaparecidos há quatro dias são dados como mortos

Efe

11 de setembro de 2010 | 19h35

BOGOTÁ - Os destroços da aeronave da Força Aérea Colombiana (FAC) desaparecida há quatro dias foram encontradas neste sábado, 11, em um local de difícil acesso da cordilheira dos Andes, e as autoridades dão por mortos seus seis ocupantes.

 

O comandante da FAC, o general Julio Alberto González, explicou que os destroços do avião bimotor se encontravam em um lugar muito "escabroso" da cordilheira, entre os departamentos de Cundinamarca e Meta.

 

"A possibilidade de que haja sobreviventes é mínima", admitiu González ao anunciar que imediatamente vai iniciar o resgate dos destroços do pequeno avião e de seus seis ocupantes.

 

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, também se referiu ao acidente, e sustentou que o aparelho se encontra "totalmente queimado".

 

Além disso, informou que os destroços do pequeno avião estão a uma altitude de 10.600 pés (mais de 3.200 metros) e que "aparentemente não houve sobreviventes, não há sinais de sobrevivência".

 

A aeronave da FAC, que realizava uma "missão de reconhecimento", desapareceu poucos minutos após decolar do terminal militar de Bogotá na terça-feira passada.

 

O aparelho perdeu contato com os controladores por volta da meia-noite (local) de terça-feira, quando voava sobre a localidade de Gutiérrez, em Cundinamarca, departamento que tem Bogotá como capital.

 

O general González não quis antecipar nenhuma hipótese sobre as causas do acidente, e afirmou que com os destroços será possível investigar o que ocorreu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.