Avião dos EUA mata quatro extremistas no Paquistão

Oficiais da inteligência paquistanesa disseram que o ataque de um drone (avião não tripulado e teleguiado) dos Estados Unidos matou quatro supostos militantes, após disparar dois mísseis contra um veículo que trafegava próximo à fronteira com o Afeganistão. Os dois oficiais disseram que o ataque, nesta quarta-feira, aconteceu perto de Miran Shah, principal cidade da região tribal do Waziristão do Norte.

AE, Agência Estado

13 de junho de 2012 | 15h33

Foi o primeiro ataque reportado de drone na região desde 4 de junho, quando um míssil matou o segundo comandante mais importante da Al-Qaeda na região, Abu Yahya al-Libi. A identidade e a nacionalidade dos homens mortos hoje não foram divulgadas.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.