Avião em que viajava Kirchner faz pouso de emergência

O avião presidencial argentino, que levava Nestor Kirchner à província de Entre Rios, teve de fazer uma aterrissagem de emergência depois que um de seus motores pegou fogo. Ninguém ficou ferido. A Força Aérea informou que o Tango 01 - o avião da presidência - sofreu um sério defeito técnico no motor esquerdo, o que provocou o pouso forçado no aeroporto de El Palomar, nas cercanias da capital. O avião havia partido minutos antes do aeroporto Jorge Newbery, de Buenos Aires, com destino à María Grande, onde Kirchner iria participar das comemorações pelo centenário de fundação da cidade. Uma junta especial vai investigar o que provocou o defeito na aeronave, que é exaustivamente controlada.

Agencia Estado,

19 Outubro 2004 | 13h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.