Avião erra caminho após ficar sem contato por uma hora

O voo 188 da Northwest Airlines ficou fora de contato com a torre de controle por mais de uma hora na noite de quarta-feira e ultrapassou seu destino em 240 quilômetros. Controladores de tráfego, outros pilotos e até mesmo um comissário de bordo - por meio de um interfone - tentaram desesperadamente falar com os comandantes do voo. Mais tarde, os pilotos disseram às autoridades que se distraíram durante uma acalorada discussão sobre políticas da empresa, divulgou a agência que investiga o incidente.

AE-AP, Agencia Estado

23 de outubro de 2009 | 18h55

Em solo, agentes da polícia e do FBI preparavam-se para o pior. A divisão aérea da Guarda Nacional enviou jatos em alerta. Os pilotos de outros dois aviões conseguiram falar com os pilotos usando uma frequência diferente de rádio, disse um porta-voz do sindicato dos controladores. Um comissário de bordo conseguiu contatar os pilotos por meio de um interfone, disse uma fonte próxima às investigações que pediu anonimato.

Quando isso aconteceu, o Airbus A-320 sobrevoava Eau Claire, no Estado de Wisconsin, Estados Unidos. Após o contato, eles voltaram e pousaram em segurança no aeroporto de Minneapolis, o destino do voo 188. Os investigadores não sabem se os pilotos adormeceram, mas disseram que fatores como cansaço e distração serão investigados, disse hoje o porta-voz da agência, Keith Holloway.

Tudo o que sabemos sobre:
acidenteaviãopilototorre de controle

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.