Avião ia para a República Dominicana

O Airbus 300 da American Airlines que caiu na região da Praia de Rockaway, no bairro do Queens, em Nova York, estava fazendo o vôo 587 e havia partido do aeroporto J.F. Kennedy para Santo Domingo, capital da República Dominicana. O avião transportava 246 passageiros e 9 nove tripulantes. Até agora, 44 guarnições e 200 soldados do Corpo de Bombeiros foram enviados ao local. O prefeito da cidade, Rudolph Giuliany, cancelou todos os eventos oficiais e se deslocou para o bairro do Queens. Como medida de segurança, todos os três aeroportos de Nova York e os túneis que dão acesso à cidade foram fechados. Como reflexo do acidente, a Bolsa de Wall Street teve uma queda de 1,73%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.