Avião iraniano cai nos Emirados Árabes e mata 35

Pelo menos 35 pessoas morreram na queda de um avião da companhia iraniana Kish Air, quando se preparava para pousar no aeroporto de Sharjah, nos Emirados Árabes Unidos. Não há ainda informação precisa sobre o número de pessoas que o Fokker 50 transportava. A princípio, fala-se em 40 passageiros e cinco tripulantes. Há rumores de que três pessoas tenham sobrevivido ao acidente, entre elas uma criança. O acidente ocorreu às 11h locais (5h de Brasília) em uma área entre Sharjah e o emirado vizinho de Ajman.O aparelho transportava cidadãos iranianos, indianos, egípcios, nepaleses, nigerianos e filipinos. A Kish Air opera com quatro aviões de médio alcance Tupolevs TU-154M, de fabricação russa e dois Fokkers-50 (de curto alcance), fabricado na Holanda. O avião acidentado ficou totalmente destruído, restando apenas a cauda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.