Avião israelense destrói habitação de três andares em Gaza

Um avião de guerra israelense F-16 destruiu nesta madrugada uma habitação no povoado de Rafah, ao sul da Faixa de Gaza, perto da fronteira com o Egito, ao lançar contra o imóvel um míssil terra-ar que não deixou feridos, informaram fontes oficiais palestinas.O Exército israelense comunicou por telefone ao dono da casa, Hamdi al-Ashshi, que deixasse sua moradia apenas quinze minutos antes de atacar o imóvel de três andares, segundo as fontes.Por sua parte, testemunhas afirmaram que o avião sobrevoou de repente a zona e depois foi ouvida uma enorme explosão no bairro de Al-Sallam, onde estava localizada a casa.Já um porta-voz oficial palestino assegurou que mais de 20 tanques israelenses e veículos blindados, apoiados por aviões de guerra, entraram na cidade de Jabalya, ao norte da Faixa de Gaza.Habitantes do local afirmaram que as tropas israelenses entraram no povoado em meio a um intenso barulho de fogo de armas, enquanto militantes palestinos lançavam foguetes de fabricação caseira.No entanto, não foi possível precisar se o aparente enfrentamento entre soldados israelenses e rebeldes palestinos causou feridos.Na cidade de Abbassan, também ao sul da Faixa de Gaza, residentes afirmaram que as forças do Exército israelense tinham abandonado a localidade após dois dias de uma operação militar terrestre, na qual morreram sete palestinos.Segundo a emissora de TV israelense "Channel 10", a ofensiva armada na Faixa de Gaza tem como objetivo impedir os milicianos palestinos de atacarem Israel com foguetes de fabricação caseira, além de libertar o soldado israelense seqüestrado em junho pelos rebeldes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.