Dennis Owen/Reuters
Dennis Owen/Reuters

Avião militar cai durante acrobacia para entreter confinados no Canadá

Segundo veículos canadenses, que citaram testemunhas, a aeronave caiu sobre uma casa pouco depois de decolar; piloto conseguiu se ejetar da aeronave antes da queda

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2020 | 21h00

TORONTO - Um avião da patrulha acrobática da Força Aérea Canadense caiu neste domingo, 17,  na Columbia Britânica durante uma operação lançada no começo do mês para entreter os canadenses durante a pandemia do novo coronavírus, segundo um comunicado militar.

"Um avião das Canadian Forces Snowbirds caiu nas proximidades da comunidade de Kamloops na C.B.", tuitou a Real Força Aérea Canadense, referindo-se à Columbia Britânica como o local da queda, mas sem dar mais detalhes. 

Segundo veículos canadenses, que citaram testemunhas, a aeronave caiu sobre uma casa pouco depois de decolar ao fim da manhã do aeroporto de Kamloops, juntamente com outro avião.

Fotos publicadas no jornal local, Kamloops This Week, mostraram os destroços do avião em chamas, que se incendiou parcialmente.

De acordo com o jornal, o piloto conseguiu se ejetar da aeronave antes da queda e desceu de para-quedas sobre o teto de uma casa. Aparentemente, ele sofreu lesões nas costas e no pescoço.

Dois aviões deviam sobrevoar a Columbia Britânica no domingo como parte da denominada Operação Inspiração, lançada para saudar os esforços dos canadenses na resposta à pandemia do novo coronavírus.

A patrulha, chamada Snowbirds, é composta por nove aeronaves que deixavam um rastro de fumaça branca, tinham iniciado o périplo na Nova Escócia com o objetivo de sobrevoar as principais cidades do país a baixa altitude e de leste a oeste./AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.