Avião militar com 270 pessoas cai no Irã

Um avião com 270 pessoas a bordo, a maioria militares, caiu hoje no sul do Irã, informou a tevê estatal. O Antonov, de fabricação russa, fazia um vôo doméstico de Zahedan, na fronteira com o Paquistão, para Kerman, cerca de 800 km a sudeste de Teerã. Ele caiu quando faltavam cerca de 80 km para chegar a seu destino, nas proximidades da cidade de Shahdad. A televisão divulgou que o aparelho perdeu contato com a torre de controle por volta das 17h30 locais (11 horas de Brasília). A tevê noticiou que os 270 passageiros do avião eram membros da Guarda Revolucionária, uma tropa de elite. Segundo a tevê, as forças haviam visitado a província de Sistan-Baluchestan, da qual Zahedan é a capital, para uma "importante tarefa". A Guarda Revolucionária é vista como a defensora do regime islâmico do Irã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.