Avião militar é derrubado por foguete na Ucrânia

Um avião militar da Ucrânia foi derrubado nesta segunda-feira próximo a fronteira leste do país com a Rússia, afirmou o ministro da Defesa ucraniano, Valeriy Heletey. Os rebeldes pró-Rússia assumiram a responsabilidade do ataque, mas Heletey não descarta a possibilidade do foguete responsável pela queda da aeronave ter sido disparado pelo país vizinho.

Agência Estado

14 Julho 2014 | 16h22

O ministro disse ainda que o avião, que voava a 6.500 metros de altitude, estava alto demais para ser derrubado pelo armamento usado pelo separatistas. A aeronave era usada para transporte de tropas e levava oito pessoas. Todas conseguiram se ejetar com segurança, segundo Heletey.

Nas últimas duas semanas, o governo ucraniano retomou parte do território dominado pelos separatistas pró-Rússia, que foram forçados de volta à cidade de Luhansk e Donetsk, de acordo com o Ministério da Defesa. As movimentações sugerem a intenção de formar um cordão de isolamento ao redor dos redutos dos militantes. As saídas das cidades foram fechadas e, segundo moradores, os milicianos estão confiscando carros e bens dos residentes.

Em reunião com oficiais de alto escalão, o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, declarou que nos últimos três dias, o exército do país tem sido atacado com laçadores de foguetes russos. Moscou, no entanto, acusa a Ucrânia de contribuir para a intranquilidade em seu próprio território. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Ucrâniaviolênciaavião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.