Avião norte-coreano invade espaço aéreo da Coréia do Sul

Um avião de caça norte-coreano invadiu por alguns minutos o espaço aéreo da Coréia do Sul, na manhã desta quinta-feira, mas se retirou sem causar incidente quando dois caças sul-coreanos se dirigiram ao local, informou um oficial do Exército da Coréia do Sul. Foi a primeira vez que um avião ultrapassa a fronteira desde 1983. Além disso, a força aérea sul-coreana deixou pronto uma bateria de mísseis antiaéreos. O governo de Seul disse que o incidente foi uma provocação e que protestará duramente sobre a invasão. A Coréia do Norte não reconhece a divisa do espaço aéreo do sul ao oeste da península, estabelecida pelas Nações Unidas após o fim da Guerra da Coréia.O incidente acontece em um momento de tensão na região. O governo de Pyongyang ameaçou esta semana abandonar o armistício que pôs fim à Guerra da Coréia, em 1953, se sanções econômicas forem imposta contra Coréia do Norte. Os Estados Unidos acusam os norte-coreanos de reativar o programa de armas nucleares. Já o país comunista, que se retirou do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, afirma que os norte-americanos não querem resolver a crise e que a reativação de usinas nucleares foi necessária apenas para suprir a deficiência energética do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.