REUTERS/Stringer
REUTERS/Stringer

Avião pega fogo durante pouso e deixa 18 feridos em Sochi, na Rússia

Um funcionário do aeroporto morreu após sofrer um ataque cardíaco enquanto ajudava a retirar os passageiros

O Estado de S.Paulo

01 Setembro 2018 | 13h05

MOSCOU - Pelo menos 18 pessoas ficaram feridas neste sábado, 1º, depois que um avião Boeing 737 da companhia aérea Utair saiu da pista e pegou fogo após aterrissar no Aeroporto de Sochi, na Rússia, informou o Ministério da Saúde da Rússia.

"Como resultado do acidente de avião no aeroporto de Sochi, neste momento há 18 feridos, três deles crianças, mas não há mortes entre seus ocupantes", diz um comunicado oficial.

No entanto, um funcionário do aeroporto morreu após sofrer um ataque cardíaco enquanto ajudava a retirar os passageiros.

De acordo com a companhia aérea, estavam a bordo da aeronave 164 passageiros e seis tripulantes.

O avião, que fez um voo entre Moscou e Sochi, conseguiu pousar na segunda tentativa, já que a primeira foi abortada pelos pilotos por conta das más condições climáticas.

Após o pouso, a aeronave deixou a pista e caiu no leito de um rio próximo, onde perdeu uma asa e parte do trem de pouso, com a turbina esquerda pegando fogo.

"O estado de saúde dos dois pilotos e dos quatro membros da tripulação é satisfatório", disse o ministro dos Transportes da Rússia, Yevgeni Dietrich. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Boeing Sochi [Rússia] acidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.