Avião presidencial argentino ameaçado de penhora outra vez

Uma visita do presidente argentino, Nestor Kirchner, à Alemanha, Suíça e Itália, inicialmente prevista para esta semana, foi adiada diante do receio de que Kirchner não pudesse voltar a Buenos Aires a bordo do "Tango 01", segundo a imprensa argentina.O avião utilizado pelo nas viagens ao exterior corre o risco de ser apreendido, devido aos processos apresentados na justiça por credores descontentes. A ameaça foi confirmada por fonte do ministério da Economia argentina, que, não quis ser identificado. Ele disse que o avião, batizado de "Tango 01", "pode ser apreendido", face às muitas dívidas do Estado argentino para com investidores privados, que também poderão mesmo levar ao congelamento dos ordenados de diplomatas argentinos no estrangeiro". Não é a primeira vez que o avião é ameaçado de ficar retido para pagamento de dívidas no exterior.Buenos Aires não honra os seus compromissos com os credores privados desde dezembro de 2001, e uma recente proposta que prevê uma perda de 75 % para os portadores de títulos argentinos agravou a relação com os investidores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.