Avião que caiu na Colômbia tinha 4 brasileiros, diz aérea

Quatro brasileiros estavam a bordo do Boeing 737 que caiu hoje durante a aterrissagem no aeroporto de San Andrés, no Caribe colombiano. Na hora do acidente a aeronave transportava 125 passageiros e seis tripulantes. Porém, a única pessoa morta foi a passageira Amar Fernández de Barreto, de 68 anos. Outros oito são norte-americanos e os demais, colombianos. Eles não foram identificados.

AE-AP, Agência Estado

16 de agosto de 2010 | 13h51

Pelo menos 93 passageiros foram levados ao Hospital Amor de Pátria em San Andrés, informou o diretor, Roberto Sánchez. Segundo ele, apenas quatro sofreram ferimentos mais graves. "É incrível. Pela dimensão do acidente, deveria haver mais", disse. De acordo com o diretor, exames preliminares indicam que a única morta pode ter sido vítima de ataque cardíaco. O governador de San Andrés, Pedro Gallardo, disse que foi um "milagre" que apenas uma pessoa tenha morrido na queda. "Foi um milagre", afirmou.

O avião se partiu em três partes. Um raio pode ter provocado o acidente, informou o coronel da Força Aérea do país, David Barrero. Ele afirmou que a pista do aeroporto foi fechada para que as equipes limpem o caminho, uma vez que destroços da aeronave ainda estão no local. De acordo com o militar, logo que a pista for reaberta os voos com o continente sul-americano serão retomados.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbiaacidenteaviãobrasileiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.