Avião que estaria levando tropas à Somália se incendeia

Um avião de carga que aparentemente levava à Somália tropas de paz da União Africana aterrissou nesta sexta-feira, 9, com um incêndio em seu interior, de causas desconhecidas, informou uma emissora local. Segundo a Rádio Shabelle, algumas versões informam que o incêndio começou no trem de aterrissagem do avião. Outras fontes dizem que ele pode ter sido atacado. Logo após o pouso, equipes de bombeiros se aproximaram para tentar apagar o fogo. A emissora cita testemunhas no aeroporto para informar do incidente, mas não há informações sobre vítimas. Na terça-feira chegou à Somália o primeiro destacamento de 300 soldados ugandenses enviados pela União Africana a fim de tentar pacificar o país, imerso em lutas internas desde 1991. Eles foram recebidos com um ataque de granadas de morteiros contra o aeroporto internacional de Mogadíscio. Um dia depois, grupos emboscaram um comboio de tropas ugandenses e no ataque morreram 12 civis. Dois soldados das forças de paz foram feridos, disseram fontes oficiais. O envio da força de paz da União Africana foi decidido pelo Conselho de Segurança da ONU em 20 de dezembro. Por enquanto, só Uganda, Nigéria, Burundi, Malauí e Gana se ofereceram para integrar o contingente. Mas os cinco países só podem enviar metade dos 8 mil soldados necessários.

Agencia Estado,

09 Março 2006 | 06h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.