Avião russo com 50 a bordo desaparece na Indonésia

Um novo avião comercial de fabricação russa, com 50 pessoas a bordo, desapareceu na Indonésia enquanto sobrevoava montanhas nesta quarta-feira durante um voo de demonstração para potenciais compradores e jornalistas, informaram autoridades. Equipes de busca e resgate se dirigiram à área ao sul da capital do país, Jacarta, disse Bambang Ervan, porta-voz do Ministério do Transporte. O mau tempo, no entanto, forçou pelo menos dois helicópteros a retornar à base.

AE, Agência Estado

09 Maio 2012 | 12h21

A aeronave Sukhoi Superjet-100 decolou de Jacarta às 4h21 desta madrugada e perdeu contato com o radar 21 minutos depois, perto da cordilheira de Salak, após a tripulação pedir permissão para o controle de tráfego aéreo para descer de 3.000 metros de altitude para 1.800 metros. Nenhuma explicação foi dada para a repentina mudança de curso. De acordo com as primeiras informações, chuviscava no momento do incidente.

"Eu vi um grande avião passando logo acima da minha casa", disse Juanda, uma moradora que vive perto das montanhas, à emissora local TVOne. "A aeronave virou um pouco para o lado, a turbina fazia barulho", afirmou. "Parecia estar indo em direção a Salak, mas eu não ouvi explosão ou qualquer coisa."

O chefe da agência de busca nacional e resgate, Rear Marshal Daryatmo, disse que diversos diplomatas da embaixada russa, potenciais compradores das principais companhias aéreas da Indonésia e jornalistas estavam a bordo do que deveria ser um voo de demonstração de 50 minutos - o segundo do dia. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.