Avião sai da pista, invade estrada e mata 3 em Honduras

Um avião de passageiros saiu dapista do aeroporto de Tegucigalpa, em Honduras, na sexta-feira,enquanto tentava aterrissar. A aeronave invadiu uma rodovia,matando pelo menos três passageiros. O avião da linha aérea Taca, de El Salvador, tinha 142passageiros e atingiu alguns carros quando saiu em zigue-zagueem direção à rodovia. Com o acidente, partiu-se em três e vazoucombustível. Duas pessoas ainda estão presas nos carros abaixodos destroços, disse uma autoridade de aviação. "De repente, ouvimos um grande barulho e tentávamosdesesperadamente sair", disse. "As pessoas mais feridas estavamna classe executiva". O chefe do serviço de emergência local, Carlos Cordero,disse que três pessoas foram mortas --dois passageiros do aviãoe um que dirigia um carro atingido pela aeronave. Váriosoutros, incluindo o piloto, ficaram gravemente feridos, disseCordero à Reuters. Cerca de 20 mil galões de combustível vazaram do avião etrazem graves riscos de incêndio. Entre os mortos, está Harry Brautigam, da Nicarágua, quechefiava o Banco de Integração da América Central, segundo opresidente hondurenho, Manuel Zelaya. Tegucigalpa, que fica em meio às montanhas, é um dosaeroportos mais difíceis para o pouso na América Latina, devidoà pista curta e de difícil aproximação. "Agradeço a Deus por estar vivo --outros passageiros estãomuito mal", disse o sobrevivente Roberto Sosa à rádiohondurenha. A última vez que um avião da Taca esteve envolvido em umacidente foi em 1993, na Guatemala, quando um Boeing 767 caiusobre algumas casas. Ninguém morreu. (Reportagem de Gustavo Palencia e Brian Harris)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.