Avião teleguiado americano mata 4 no Waziristão do Sul

Um avião não tripulado e teleguiado dos Estados Unidos bombardeou uma casa no noroeste do Paquistão nesta sexta-feira, matando pelo menos quatro supostos militantes extremistas, disseram oficiais da polícia paquistanesa sob anonimato. O drone disparou dois foguetes, atingindo uma casa na área de Shin Warsak, no Waziristão do Sul, onde supostamente se escondem militantes fundamentalistas do Taleban e da Al-Qaeda.

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2011 | 16h09

"Dois mísseis atingiram a casa de um conselheiro tribal, onde estavam militantes" disse um policial sob anonimato. "Quatro corpos foram retirados. Duas pessoas ficaram feridas" disse o policial.

Shin Warsak fica 15 quilômetros ao oeste de Wana, maior cidade do Waziristão do Sul, considerado um santuário dos fundamentalistas. Dois outros funcionários da segurança paquistanesa confirmam o bombardeio do drone e o número de mortos.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoEUATalebandroneWaziristão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.