Avião teleguiado mata duas pessoas no sul do Iêmen

Um ataque de um avião teleguiado supostamente norte-americano matou neste sábado duas pessoas suspeitas de fazerem parte da Al-Qaeda na província de Lahj, no sul do Iêmen, informaram autoridades do exército.

Agência Estado

10 de agosto de 2013 | 20h25

Outros dois militantes ficaram feridos, um deles seriamente, segundo as fontes. Os quatro estavam em um carro na área de el-Askariya. As autoridades, que pediram para não serem identificadas por não estarem autorizadas a falar com a imprensa, disseram que esta seria a primeira vez que uma aeronave norte-americana ataca a área de Lahj.

No total, foram nove os ataques de aviões teleguiados supostamente dos EUA no Iêmen desde 27 de julho. Neste período, cerca de 38 militantes foram mortos no país, que é um dos mais pobres do mundo árabe.

Embora reconheçam o uso de drones no Iêmen, os Estados Unidos normalmente não comentam ataques individuais. O programa é executado pelo Comando de Operações Especiais do Pentágono e pela CIA.

Washington recentemente retirou os diplomatas da capital iemenita em meio a temores sobre um ataque terrorista. Os EUA, que amanhã reabrirão alguns postos diplomáticos na África e no Oriente Médio que estiveram fechados nesta semana, manterá a embaixada no Iêmen fechada.

O ministro de Defesa do Iêmen, o major general Mohammed Nasser Ahmed, se reuniu neste sábado com o vice-embaixador norte-americano no Iêmen e mais duas autoridades de segurança dos EUA para discutir a situação. Em um comunicado, ele expressou gratidão pelo apoio técnico e logístico dos EUA às forças armadas iemenitas no combate à Al-Qaeda na Península Árabe. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IêmenataqueEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.