Aviões americanos e britânicos atacam alvo no Iraque

Aviões dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha bombardearam hoje um alvo militar no sul do Iraque, em resposta a ameaças contra as aeronaves da coalizão que patrulham uma zona de exclusão aérea na região, informou um comando americano. O ataque ocorreu por volta das 11h15 (horário local) contra um centro de comando e controle na província de Nasiriyah, disse David Nagle, porta-voz da Força de Tarefas Conjuntas do Sudoeste da Ásia, com sede me Riad. Nasiriyah está localizada a 350 quilômetros ao sudeste de Bagdá. Nagle informou que todos os aviões da coalizão retornaram sem problemas a suas bases. Uma avaliação sobre os danos causados está sendo realizada no momento. Inicialmente, Bagdá não comentou o ataque.Estados Unidos e Grã-Bretanha estão patrulhando os céus do norte e do sul do Iraque desde o fim da guerra do Golfo, em 1991. As patrulhas, segundo os governos da coalizão, foram estabelecidas para proteger as minorias curda (norte) e xiita (sul) das forças do presidente Saddam Hussein.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.