Aviões anglo-americanos fazem três ataques no Iraque

Aviões dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha bombardearam três supostas instalações militares iraquianas. De acordo com o Comando Central dos EUA, o primeiro ataque ocorreu às 8h55 (de Brasília), contra uma instalação móvel de mísseis terra-ar iraquiana perto de Basra, 370 quilômetros a sudoeste de Bagdá, "depois de forças iraquianas moverem o sistema móvel de mísseis para dentro da ?zona de exclusão aérea? no sul do país".Zonas de exclusão aérea são regiões no sul e no norte do Iraque em que a Força Aérea iraquiana não pode atuar desde a Guerra do Golfo de 1991, supostamente para que o regime de Saddam Hussein não ataque minorias étnico-religiosas (curdos no norte e xiitas no sul).O segundo ataque aconteceu às 11h45 (de Brasília), também na região de Basra, "depois de forças iraquianas moverem um sistema móvel de mísseis terra-terra para dentro do alcance das forças da coalizão no Kuwait", de acordo com o comunicado do Comando Central dos EUA.O terceiro ataque foi contra um sistema móvel de mísseis terra-terra iraquiano perto de cidade de Mosul, na "zona de exclusão aérea" do norte do Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.