EFE/Yahya Arhab
EFE/Yahya Arhab

Aviões com ajuda médica chegam à capital do Iêmen

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) informaram que dois aviões - um de cada organização - chegou à cidade de Sanaa

O Estado de S. Paulo

10 de abril de 2015 | 17h54

Aviões carregados com medicamentos desembarcaram em Sanaa, capital do Iêmen, nesta sexta-feira, 10, na primeira entrega de ajuda internacional desde o início da campanha liderada pela Arábia Saudita contra rebeldes xiitas que assumiram o controle do país, há duas semanas.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) informaram que dois aviões - um de cada organização - chegou à cidade de Sanaa nesta sexta-feira.

A porta-voz da Cruz Vermelha em Sanaa, Marie Claire Feghali, disse que o avião da organização enviou 18 toneladas de suprimentos médicos que poderão tratar até mil feridos. 

A representante do Unicef no Iêmen, Julien Harneis, disse que a agência enviou 17 toneladas de suprimentos, incluindo medicamentos, equipamentos médicos, nutrientes para crianças desnutridas e suprimentos de água para cerca de 80 mil pessoas. / ASSOCIATED PRESS 

Tudo o que sabemos sobre:
IêmenCruz Vermelha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.