AP
AP

Aviões de guerra sírios atacam a cidade de Homs

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, ofensiva é a pior dos últimos cinco meses

05 de outubro de 2012 | 08h59

HOMS - Aviões de guerra sírios atacaram o centro da cidade de Homs nesta sexta-feira, 5. Foi o pior bombardeio ao reduto rebelde em meses, disseram ativistas.

Veja também:

linkErdogan diz que Turquia não quer guerra com a Síria

linkConselho de Segurança da ONU condena ataque sírio contra Turquia

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Os ataques a Homs também aconteceram com tanques e morteios, ao mesmo tempo que as forças do governo tentam dominar a cidade de Alepo. Homs tem sido um dos focos da revolta de 18 meses contra regime de Assad. A luta se deslocou para outras áreas, incluindo Alepo.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, o ataque de hoje é o pior que a cidade já passou em cinco meses. "Ao amanhecer, o regime bombardeou intensamente a região", disse o ativista que preferiu se identificar pelo apelido Abu Rami, com medo de represálias do regime. "Está caindo uma média de cinco foguetes por minuto".

Conflito com Turquia

O ritmo dos atentados do governo a cidades da Síria sugere que as forças do regime não foram dispersadas pelas crescentes tensões com a vizinha Turquia.

As forças armadas da Turquia atacaram alvos na Síria na quarta-feira, 3, em resposta a um morteiro disparado do território sírio que matou cinco civis turcos. O morteiro caiu em um bairro residencial na cidade de Akcakale, no sudeste do país, e matou uma mulher e quatro crianças de uma mesma família.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.