Aviões do Paquistão matam 40 talebans

Aviões de combate atacaram militantes talebans no Noroeste do Paquistão, no Vale do Swat, matando 40 militantes, informou o porta-voz do Exército major Nasir Ali. Em incidente separado, outros cinco morreram quando uma casa explodiu perto da fronteira afegã, em um suposto ataque com míssil, disseram autoridades locais. Um esconderijo de munições explodiu ao ser atingido em um dos ataques no Vale do Swat, informou Ali, acrescentando que tropas no solo avançavam na região para retirar outros combatentes militantes de seus esconderijos. Um porta-voz do Taleban disse que oito de seus homens foram mortos, incluindo um comandante local.A violência segue notícias de que Asif Ali Zardari, candidato à Presidência nas eleições de 6 de setembro, foi levado para um complexo do governo bastante vigiado por preocupações com segurança.No incidente separado, o porta-voz do Exército major Murad Khan não pôde confirmar as alegações de autoridades da inteligência locais de que a explosão da casa foi provocada por um míssil. As informações são da Associated Press.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

30 de agosto de 2008 | 12h57

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoconfrontotalebans

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.