Aviões dos EUA atacam base de mísseis do Iraque

Aviões militares norte-americanos bombardearam uma instalação de mísseis balísticos terra-terra do Iraque. É a primeira vez que a Força Aérea ataca um sistema de armas iraquiano não voltado para a defesa antiaérea. Normalmente, o comando norte-americano justifica seus ataques alegando que a defesa antiaérea iraquiana ameaça os aviões dos EUA ou do Reino Unido que patrulham as chamadas "zonas de exclusão aérea" (áreas em que a Força Aérea do Iraque não tem permissão para atuar desde a Guerra do Golfo de 1991). Segundo o Comando Central dos EUA, sediado no Catar, o ataque de hoje aconteceu perto da cidade iraquiana de Basra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.