Aviões dos EUA atacam cinco instalações no Iraque

Aviões militares dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha bombardearam hoje uma instalação de comando e controle de comunicações da defesa antiaérea do Iraque na região de Tallil, 240 quilômetros a sudeste da capital, Bagdá. Aviões da coalizão anti-Iraque também atacaram quatro estações de retransmissão do sistema de comunicações militares do Iraque na região entre Al Kut (125 km a sudeste de Bagdá) e Al Basrah (370 km a sudeste da capital).De acordo com o Comando Central dos EUA, os ataques aconteceram por volta das 15h15 locais (9h15 em Brasília), "depois de as forças de defesa antiaérea iraquianas dispararem artilharia contra aviões da coalizão que patrulhavam a ´zona de exclusão aérea sul´". Zonas de exclusão aérea são regiões no sul e no norte do Iraque nas quais a Força Aérea iraquiana não pode operar desde a Guerra do Golfo de 1991. Elas foram criadas supostamente para impedir que o regime de Saddam Hussein atacasse as minorias curda (no norte) e xiita (no sul).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.