Aviões dos EUA bombardeiam estação iraquiana

Aviões militares dos Estados Unidos bombardearam uma suposta instalação de defesa antiaérea do Iraque, a 25 quilômetros da cidade de Mosul, na "zona de exclusão aérea", situada no norte do país. Segundo funcionários norte-americanos, os aviões dos Estados Unidos reagiram a disparos feitos pela defesa iraquiana. As "zonas de exclusão aérea" são regiões no norte e no sul do Iraque patrulhadas por aviões norte-americanos e britânicos nas quais a Força Aérea iraquiana não pode operar desde a Guerra do Golfo de 1991.

Agencia Estado,

04 Dezembro 2002 | 15h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.