Aviões militares bombardeiam cidade síria de Al Rastan

Há informações ainda não confirmadas de que um tenente desertor morreu nos confrontos

Efe

28 Setembro 2011 | 12h25

CAIRO - Aviões militares do Exército sírio, leal ao presidente Bashar Assad, bombardearam nesta quarta-feira, 28, de forma intensa a cidade de Al Rastan, onde acontece uma grande operação de segurança durante esta semana, de acordo com grupos opositores.

 

Veja também:

especialInfográfico: A revolta que abalou o Oriente Médio

 

Os Comitês de Coordenação Local da Síria afirmaram que caças-bombardeiros estão atacando casas e instalações de água e eletricidade. Há informações ainda não confirmadas de que o tenente desertor Ahmad al Jalaf morreu nos enfrentamentos.

 

Enquanto isso, em um município da província de Daraa, no sul, vários estudantes fizeram uma manifestação para expressar apoio a Al Rastan e pedir a renúncia de Assad, no meio de uma grande exibição militar.

 

Um protesto semelhante aconteceu em Kerbet Gazala, também em Deraa, onde os estudantes se reuniram para manifestar apoio a Al Rastan.

Durante a terça-feira, Al Rastan foi palco de uma grande operação das forças militares e policiais, que invadiram a cidade com dezenas de carros de combate.

 

Desde que os protestos começaram em março, a repressão síria já causou a morte de pelo menos 2.700 pessoas, das quais cerca de cem são crianças, de acordo com as últimas estimativas oferecidas pela ONU.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.