Aviões militares bombardeiam cidade síria de Al Rastan

Há informações ainda não confirmadas de que um tenente desertor morreu nos confrontos

Efe

28 Setembro 2011 | 12h25

CAIRO - Aviões militares do Exército sírio, leal ao presidente Bashar Assad, bombardearam nesta quarta-feira, 28, de forma intensa a cidade de Al Rastan, onde acontece uma grande operação de segurança durante esta semana, de acordo com grupos opositores.

 

Veja também:

especialInfográfico: A revolta que abalou o Oriente Médio

 

Os Comitês de Coordenação Local da Síria afirmaram que caças-bombardeiros estão atacando casas e instalações de água e eletricidade. Há informações ainda não confirmadas de que o tenente desertor Ahmad al Jalaf morreu nos enfrentamentos.

 

Enquanto isso, em um município da província de Daraa, no sul, vários estudantes fizeram uma manifestação para expressar apoio a Al Rastan e pedir a renúncia de Assad, no meio de uma grande exibição militar.

 

Um protesto semelhante aconteceu em Kerbet Gazala, também em Deraa, onde os estudantes se reuniram para manifestar apoio a Al Rastan.

Durante a terça-feira, Al Rastan foi palco de uma grande operação das forças militares e policiais, que invadiram a cidade com dezenas de carros de combate.

 

Desde que os protestos começaram em março, a repressão síria já causou a morte de pelo menos 2.700 pessoas, das quais cerca de cem são crianças, de acordo com as últimas estimativas oferecidas pela ONU.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.