Azerbaijão prende seis militantes islâmicos

A polícia do Azerbaijão anunciou hoje a prisão de seis pessoas afiliadas a um grupo islâmico por suspeita de que elas preparavam ataques contra a embaixada dos Estados Unidos no país e contra escritórios de organizações internacionais. Os suspeitos - cinco azerbaijanos e um ucraniano - eram afiliados ao grupo Hizb-ut-Tahrir, com simpatizantes espalhados por toda a Ásia Central e Oriente Próximo, informou o ministério. O grupo espalhou recentemente panfletos denunciando as ações dos Estados Unidos e defendendo a criação de um Estado islâmico na Ásia Central.

Agencia Estado,

02 Janeiro 2002 | 14h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.