Babá é condenada a 3 anos de prisão após morte de menina por negligência

A mulher a deixou sozinha com outras crianças pequenas para ir à escola de um de seus filhos, um adolescente, que tinha sido suspenso por problemas disciplinares

O Estado de S. Paulo

11 de agosto de 2015 | 02h00

NOVA YORK - Uma babá foi condenada nesta segunda-feira, 10, em New Jersey (EUA) a 3 anos de prisão pela morte de uma menina de 4 anos enquanto a deixou sem vigilância junto com outras três crianças em uma casa, informaram fontes judiciais.

"Embora não pretendesse causar a morte da menina, ela deixou quatro inocentes crianças de menos de 5 anos sem supervisão de nenhum adulto, resultando na morte de uma menina de 4 anos", disse em comunicado a promotora Carolyn A. Murray.

A menor, Naira Bennett, morreu ao ficar presa em um futon, cuja armação se fechou ao redor de sua cabeça e corpo, segundo as autoridades. A babá, Sykita Covington, de 40 anos, se declarou culpada em abril de duas acusações por ter posto em perigo o bem-estar de uma criança.

Antes do acidente, Sykita, segundo a promotoria, estava cuidando de Naira, de outra criança de 2 anos e de dois de seus filhos, de 1 e 3 anos. A mulher os deixou sozinhos para ir à escola de outro de seus filhos, um adolescente, que tinha sido suspenso por problemas disciplinares e precisava de sua assinatura para poder retornar às aulas.

Sykita, que tinha tido problemas com drogas, cumpria na época da tragédia uma pena de 5 anos de liberdade condicional por uma fraude bancária. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
EUAbabáNew Jersey

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.