Bachelet nomeia mulheres para metade dos ministérios

A presidente eleita do Chile, Michelle Bachelet, designou hoje seu primeiro gabinete ministerial composto por 10 homens e 10 mulheres provenientes dos quatro partidos da coalizão de centro-esquerda que a elegeu.Após um breve discurso, ao término do qual não respondeu a perguntas, Bachelet, a primeira mulher eleita para a presidência na história do Chile, disse que o gabinete "está à altura dos grandes desafios" e que seus membros são "pessoas de prestígio intelectual, profissional e político, com experiência de gestão". Bachelet, que tomará posse em 11 de março próximo, afirmou que apresentará oficialmente seus futuros ministros amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.