Bachelet quer mudar financiamento militar

A presidente chilena, Michelle Bachelet, enviou ontem ao Congresso um projeto de lei que extingue o repasse obrigatório de 10% da receita da exportação de cobre para o orçamento das Forças Armadas. A lei em vigor - aprovada no período da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990) - garante que os gastos militares sejam feitos de forma secreta até mesmo para o Congresso. Bachelet propõe em troca um plano de compra de material bélico a ser executado nos próximos 12 anos . O Chile é o principal produtor mundial de cobre. Suas Forças Armadas receberam mais de US$ 6 bilhões entre 2000 e o primeiro trimestre de 2009.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.