Bactéria letal em vegetais mata ao menos 10 na Europa

Vegetais da Espanha, com suspeita de contaminação por uma bactéria potencialmente mortal, estão sendo recolhidos das lojas na Áustria e na República Checa para evitar a disseminação de uma epidemia que já matou pelo menos 10 pessoas e deixou centenas doentes na Europa, disseram oficiais neste domingo.

AE, Agência Estado

29 de maio de 2011 | 12h34

Oficiais checos disseram que 120 pepinos orgânicos espanhóis estavam sendo retirados das prateleiras. Na Áustria, autoridades da área de saúde disseram que um número pequeno de pepinos estava sendo retirado de 33 lojas no país.

A Agência de Vigilância Sanitária da Áustria disse que havia sido informada pelo sistema de advertência da União Europeia (UE) que duas empresas alemãs haviam emitido um ''recall'' imediato dos pepinos, tomates e berinjelas enviadas para o país. A agência recomenda que os vegetais que foram vendidos sejam jogados fora pelos consumidores.

Já a autoridade checa disse que os pepinos de uma provável carga contaminada foram enviados para Hungria e Luxemburgo. Não há relato de doença nesses locais. Na Alemanha, oficiais disseram que mais uma pessoa morreu afetado pela bactéria, elevando o número de mortos para 10.

Já o número de infectados subiu no fim de semana, com pelo menos 467 pessoas apresentado quadro de infecção intestinal em Hamburgo, incluindo 91 casos de mais severa da síndrome uémico-hemolítico (HUS), uma complicação séria derivada da infecção associada à bactéria E. coli. Não há um número exato de infecções na Alemanha, mas jornais estimam que mil pessoas já adoeceram de infecção intestinal.

O ministro da Saúde na Alemanha, Ilse Aigner, advertiu a população para não comer pepinos, tomates, alface e outras folhas de saladas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
alimentoscontaminaçãobactéria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.