Baleia encalha no Tâmisa e é levada de volta ao mar

A baleia de cinco metros e cerca de quatro toneladas, que entrou pelo rio Tâmisa e chegou ontem até Londres, acabou encalhando, devido à baixa da maré. O animal foi içado com ajuda de um guindaste e colocado em uma barca para ser levado até o estuário do rio. Os veterinários examinaram os testes realizados no cetáceo para ver se o animal estava em condições de sobreviver à viagem de volta a alto mar. Os especialistas tinham estudado a possibilidade de utilizar um helicóptero ou um caminhão, mas acabou prevalecendo a idéia de levar a baleia em uma barca até o estuário.A equipe de resgate colocou sob seu corpo uma borracha inflável para que pudesse ser examinado pelos veterinários. Ao mesmo tempo, outras pessoas jogavam água continuamente sobre o cetáceo, até ele ser colocada sobre o barco. EspetáculoA baleia foi avistada pela primeira vez às 8h30 de sexta-feira (6h30 de Brasília) e desde então se transformou em um espetáculo para os londrinos. As câmeras de TV acompanharam de perto as operações de resgate.Paul Jepson, veterinário da Sociedade Zoológica de Londres, expressou sua preocupação com os ferimentos do animal na cabeça e no rabo.Acredita-se que o cetáceo fazia parte de um grupo de baleias que foi avistado no estuário do Tâmisa no início da semana e que, por alguma razão, perdeu-se.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.