Balsa com 250 aderna em Bangladesh; maioria morreu

Uma balsa transportando cerca de 250 pessoas adernou na madrugada de hoje num rio no sudeste de Bangladesh em meio a uma tempestade tropical e teme-se que a maioria a bordo morreu, informou a polícia. Três outras balsas também naufragaram na região, mas não houve vítimas nesses casos. Muitos dos passageiros que estavam na primeira balsa dormiam na hora do acidente, e acredita-se que ficaram presos no interior, disse o oficial da polícia Mohammad Dulal Miah. Cerca de 50 pessoas conseguiram nadar até as margens. Quinze corpos - cinco deles de crianças - já haviam sido resgatados. Mais de 180 pessoas continuavam desaparecidas. A balsa M. V. Lightning Sun virou em águas rasas do rio Meghna e uma parte dela ficou acima da superfície, nas proximidades de Chandpur, 64 km a sudeste da capital Daca. "Apesar de a balsa ter afundado perto da margem, o rio estava turbulento e o trabalho de resgate está sendo prejudicado", disse Miah. Sete passageiros feridos foram resgatados da balsa acidentada. A embarcação seguia do distrito Madaripur, sudoeste do país, para Daca. "Muitos de nós acordaram quando fortes ventos balançaram a balsa", contou Omar Ali, um dos sobreviventes. "As pessoas entraram em pânico e começaram a gritar por ajuda". Ali disse que alguns pularam no rio no meio da escuridão e conseguiram nadar até a margem, enquanto o comandante tentava sem sucesso levar a embarcação para perto da terra firme.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.