Baltimore: milhares devem participar de protesto contra violência policial

Milhares de manifestantes devem se reunir no centro de Baltimore, nos Estados Unidos, para celebrar as acusações criminais contra seis policiais envolvidos na morte de Freddie Gray - jovem que morreu sob custódia após sofrer uma fratura na espinha dorsal.

Estadão Conteúdo

02 de maio de 2015 | 14h41

O protesto deste sábado seria apenas um ato contra a violência dos policiais, mas, segundo organizadores, se transformou também em um manifesto de "vitória" pelo indiciamento dos envolvidos. A chefe da procuradoria de Baltimore, Marilyn Mosby, acusou os agentes de crimes que vão de agressão a homicídio doloso.

O padrasto de Gray, Robert Shipley, afirmou que a família está feliz com o indiciamento dos policiais e reiterou seu pedido para que todas as manifestações sejam pacíficas. "Estamos satisfeitos com as acusações de hoje, elas são um passo importante em prol da justiça por Freddie", disse. "Mas, se você não pretende vir em paz (para a manifestação), então é melhor nem vir".

A associação dos Advogados Negros pela Justiça espera que pelo menos dez mil pessoas compareçam ao protesto no centro da cidade neste sábado. O presidente do grupo, Malik Shabazz, espera que mais pessoas participem do protesto agora que os policiais foram acusados oficialmente. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
BaltimoreprotestoFreddie Gray

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.