Ban Ki-moon alerta síria sobre uso de armas químicas

O uso de armas químicas na Síria constituiria um "crime contra a humanidade", que traria "consequências graves", afirmou há pouco o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) Ban Ki-moon.

AE, Agência Estado

23 de agosto de 2013 | 04h05

"Qualquer uso de armas químicas em qualquer lugar, por qualquer pessoa, sob quaisquer circunstâncias, representa uma violação do direito internacional. Tal crime contra a humanidade deve resultar em graves consequências para o agressor", explicou o secretário-geral da ONU durante um evento em Seul, na Coreia do Sul. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
síriaarmas químicasonu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.