Ban Ki-moon: Ataque contra escola é um ato criminoso

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, disse que o ataque que matou 10 pessoas em uma escola da organização na Faixa de Gaza é um "ultraje moral e um ato criminoso".

AE, Estadão Conteúdo

03 de agosto de 2014 | 14h20

Ban afirmou que o ataque deste domingo "é mais uma violação flagrante do direito internacional humanitário, o que exige claramente a proteção vinda de ambas as partes de civis palestinos, funcionários e instalações da ONU, entre outras instalações civis".

Em um comunicado, o chefe da ONU disse que o ataque "devem ser rapidamente investigado e os responsáveis responsabilizados. É um ultraje moral e um ato criminoso". Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ISRAELGAZAONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.