Ban Ki-moon diz que número de mortos em atentado na Nigéria é 'considerável'

Secretário geral da ONU condenou ataque e afirmou que enviará sub-secretária a Abuja

estadão.com.br com Reuters

26 de agosto de 2011 | 11h26

NAÇÕES UNIDAS - O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, condenou nesta sexta-feira, 26, o ataque com um carro bomba contra o escritório da ONU na capital nigeriana.

 

 

 
Ban disse que o número de vítimas poderia ser "considerável", mas não confirmou a quantidade de mortos o local.

 

 

Em uma declaração a jornalistas, afirmou que estava enviando a sub-secretária da organização, Asha-Rose Migiro, imediatamente à Nigéria para encontrar com funcionários em Abuja. Ela será acompanhada pelo chefe de segurança da ONU, Gregory Starr.

 

Segundo fontes policiais, 18 pessoas morreram e 8 ficaram feridas durante a explosão que destruiu parte do prédio de 5 andares onde trabalham cerca de 400 funcionários da ONU.

Tudo o que sabemos sobre:
NigériaataqueONUBan Ki-moonmortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.