Ban Ki-moon pede ação sobre impasse no Oriente Médio

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, abriu nesta quarta-feira a Assembleia Geral das Nações Unidas. Ban pediu um novo esforço internacional para superar o "impasse" no Oriente Médio, em meio a uma disputa política e diplomática entre palestinos e israelenses.

AE, Agência Estado

21 Setembro 2011 | 11h13

Ban garantiu que a ONU realizará esforços "sem tréguas" pelo avanço no processo de paz. "No Oriente Médio, precisamos romper o impasse", disse Ban aos líderes mundiais reunidos, entre eles o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, e o dos Estados Unidos, Barack Obama.

"Nós concordamos há tempos que os palestinos merecem um Estado. Israel precisa de segurança. Ambos querem a paz", disse Ban.

Abbas disse anteriormente que pedirá que a Palestina se torne membro da ONU, após seu discurso na Assembleia Geral na sexta-feira. Israel se opõe a isso, e os EUA prometeram vetar a proposta palestina no Conselho de Segurança. Washington defende negociações bilaterais para romper o impasse. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
ONU Ban Ki-Moon Oriente Médio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.