Ban Ki-moon reúne-se com Força da ONU no Líbano

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon,reuniu-se neste sábado, 31, com comandantes da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) na localidade de Nakura, no sul do país.Ban conversou com o general italiano Claudio Graziano, comandante da Finul, e com outros altos comandantes da força, que expuseram os problemas enfrentados no país, segundo a imprensa libanesa.Em seguida, o secretário-geral da ONU depositou uma coroa de flores em um ato de homenagem às 253 vítimas fatais da Finul.Ban também visitou a "linha azul", marcada pelo organismo internacional para certificar a retirada israelense do sul do país em maio de 2000, após 22 anos de ocupação.Em entrevista coletiva, o principal responsável da ONU reiterou a importância de aplicar a resolução 1.701 do Conselho de Segurança da ONU, que colocou fim ao conflito de Israel contra as milícias xiitas do Hezbollah no ano passado, e insistiu na necessidade de acabar com o contrabando de armas procedentes da Síria. Sobre as ameaças da Al-Qaeda contra a força internacional de paz, Ban disse que tem consciência da oposição de alguns ao trabalho dos militares, e que as levará "em consideração".No entanto, afirmou que estão preparados para enfrentar qualquer eventualidade e mostrou confiança na capacidade das forças de paz da ONU para "suprimir" eventuais atos.O secretário-geral da ONU deve seguir para a localidade de Blat, onde está posicionada a Brigada Leste da Finul, sob comando espanhol, e para o quartel-general dos militares franceses em Tebnit.As visitas fazem parte da última etapa da viagem pelo Oriente Médio que Ban Ki-moon iniciou na quinta-feira, no Iraque, a primeira do secretário-geral da ONU na região desde que assumiu o cargo em janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.