Ban Ki-moon se diz otimista com encontro sobre clima

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, mostrou-se otimista com a possibilidade de um acordo sobre o clima para a redução das emissões de gases causadores do efeito estufa. Ele pediu aos países que estabeleçam metas "ambiciosas" sobre essa questão. "Eu estou muito otimista com Copenhague", afirmou Ban, em declarações publicadas no jornal dinamarquês Berlingske Tidende. A capital da Dinamarca sediará o encontro da ONU, que começa amanhã. "Nós teremos um acordo e acho que ele será firmado por todos os países da ONU, o que será histórico."

AE, Agencia Estado

06 de dezembro de 2009 | 15h54

Os 192 membros da Convenção-Quadro Sobre Mudança Climática se encontram em Copenhague a partir de segunda-feira. Espera-se que mais de cem líderes mundiais compareçam no evento, que vai até o dia 18. Ban disse que espera estabelecer um grupo de especialistas em ambiente de alto nível, também com a presença de líderes mundiais, que poderia avaliar a possibilidade de sanções aos países que não respeitem seus compromissos climáticos. O encontro "nos dará um forte e importante acordo político", previu Ban. Com isso, haverá "a base para um acordo com força de lei", afirmou ele, em outra entrevista, concedida à emissora francesa TV5.

Ban disse que o acordo deve incluir US$ 10 bilhões em apoio financeiro para os países em desenvolvimento se adaptarem a uma economia com menos emissões. Já o principal funcionário do setor climático da ONU, Yvo de Boer, previu hoje que será necessário o triplo disso para esse fim, nos próximos três anos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ambienteclimaONUBan Ki-moon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.