Ban se encontra com Gaddafi para discutir Darfur

O líder líbio Muammar Gaddafiprometeu no sábado que reunirá grupos rebeldes de Darfur paranegociações de paz com Cartum na Líbia no mês que vem, disse osecretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Ban deu entrevista a jornalistas depois de seu encontro comGaddafi em Sirte, na Líbia, na última parte de sua visita atrês países da África. A viagem visa abrir o caminho para umacordo de Darfur. "(Gaddafi) disse que fará de tudo para trazer todos oslíderes dos movimentos para participarem da reunião", disseBan. Ban anunciou em Cartum na quinta-feira que a conferência depaz pretende criar um "acordo final" para o conflito de Darfur,que já dura quatro anos. A conferência deverá ocorrer em 27 deoutubro na Líbia, em localidade ainda a ser definida. Autoridades da ONU disseram que a Líbia foi escolhida paraas negociações porque tem o maior potencial para receber omáximo número de líderes rebeldes. As Nações Unidas atualmente reconhecem cerca de oito gruposrebeldes como os principais atuantes do conflito. Ban encontrou-se com Gaddafi em uma tenda verde e amarelacom estampas de palmeiras e camelos, em um complexo isolado nosarredores de Sirte, região onde Gaddafi nasceu. O líder líbio veterano estava usando uma camisa marrom comestampas verdes representando o continente africano. Ban disse que propôs a Gaddafi que as Nações Unidas e aLíbia criem uma equipe de apoio para as negociações, compostapelo enviado especial da ONU Jan Eliasson e pelo ministro deAssuntos Africanos da Líbia, Ali Treiki. Ban também disse que Gaddafi também expressou "apoio total"ao envio de forças da União Européia a Chad, que faz fronteiracom Darfur.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.