Banco britânico lavou dinheiro por dez anos

O Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York acusou ontem a filial americana do banco britânico Standard Chartered de lavar US$ 250 bilhões de instituições financeiras iranianas e esconder cerca de US$ 60 mil em transações secretas. Segundo as autoridades nova-iorquinas, o banco descumpriu as sanções financeiras ao Irã. O Standard Chartered pode ter a licença revogada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.