Banco Central chinês prevê crescimento de 8,9% do PIB

O Banco Popular da China (central) prevê que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) será de 8,9% em 2006 e o Índice de Preços de Consumo (IPC) crescerá dois pontos, informou hoje o jornal China Daily. O crescimento trimestral do PIB será de 9,2%, 9%, 8,9% e 8,7% respectivamente durante este ano, segundo um relatório do departamento de estudos do Banco Popular da China. Esta previsão está em linha com a feita pela Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento em janeiro, que previa um crescimento entre 8,5% e 9%, e com as diretrizes do Governo chinês, que pretende frear o crescimento econômico para alcançar um desenvolvimento mais sustentável e menos agressivo com os recursos. O documento foi realizado levando em conta diferentes variáveis, entre elas o crescimento da economia global, cuja previsão se situa em 4,3%, e se calculou mantendo a taxa de juros ao nível atual (2,25% para depósitos a um ano em iuanes e 5,5% para os créditos a um ano). Em 2005, o crescimento do PIB foi de 9,9%, enquanto o do IPC foi de 1,8%.

Agencia Estado,

27 Março 2006 | 05h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.